domingo, 14 de março de 2010

O que levas na tua mochila?

Vi hoje o filme “Up in the air”. Apesar de não ter – nem tão pouco almejar ter – os 10 milhões de milhas aéreas que o amigo George tem, revejo-me um pouco nele e acima de tudo, no seu estilo de vida. Vidas em hotéis e aviões, viagens e mais viagens, pouco tempo para a família, para os amigos, para a estabilidade, seja ela a nível material (ter a minha casinha para chegar, ter a roupinha lavada na minha máquina, etc e tal) ou emocional. Felizmente, e contrariamente ao que ele prega aos seus ouvintes nos seminários que faz ao longo do filme, ainda assim, tenho “a minha mochila” cheia. A mochila de bens materiais não está tão cheia como a dos bens espirituais. Amigos, família, conhecidos, pessoas que gostam de mim e de quem eu gosto. Ele diz que devemos ter a mochila vazia porque assim podemos mover-nos rápido como tubarões que somos, que não devemos estar presos nem a objectos, nem a pessoas. Eu cá acho que quanto mais cheia a mochila estiver de pessoas que nos querem bem, mais sentido tem a vida. Ele também percebeu isso. Mas para ele, e como todo o “bom” filme Hollywoodesco, foi tarde demais. Pobre Jorginho!

Para todos os que fazem parte da minha “bagagem”, um beijo com saudades!

1 comentário:

Anónimo disse...

E ainda por cima o teu novo Nokiazinho ocupa pouca espaço, o que te deixa espaço para os amigos que ainda te falta conhecer!!!!!
Um beijo com saudade.... Um não, quase seis!!