terça-feira, 18 de maio de 2010

Queda livre

Não me lembro da última vez que caí. Quando era pequena andava sempre com nódoas negras nas pernas por fazer “corsas” (que aprendia na ginástica rítmica) da cozinha para a sala (e no corredor tínhamos daquelas cómodas com uns cantos bem pontiagudos, portanto é fácil de compreender como tudo se processava).

Hoje estava no escritório e vinha do WC. O meu lindo sapato pontiagudo espetou-se na dobra da linda calça preta e em 3 segundos estes 2 lindos joelhos batiam no chão. Mas não foi assim tão fácil. Esta (linda) cara esborrachou-se completamente na divisória que protege a secretária (deixei lá um rasto de células mortas + base (sim, porque com o acne que tenho já não me atrevo a sair de casa sem estar devidamente camuflada) que o CSI ia achar um petisco). Foi um barulho (e um trambolhão) bonito. (A sorte é que não estava ninguém a ver… Só ouviram. E confesso que também ouviram umas palavras menos bonitas (ainda estou para perceber como consegui dizer asneiras ao mesmo tempo que caía).

image

Moral da história: dois joelhos esfolados, mas calças e sapatos intactos. Será isto um sinal de que esta coisa de sapato-de-matar-barata-no-canto-da-sala é um perigo?

Um beijo com saudade…

3 comentários:

Anónimo disse...

Ainda bem que não estragaste os sapatos....
Um beijo com saudade.... Um não, quase seis!!

Pedro disse...

Olá rapariga!

Já estava preocupado com a tua ausência, até porque durante algum tempo o teu blogue foi eliminado, depois voltou, ainda bem.

Conta lá então para que outras coisas lindas tens queda, além de trambolhões pelo chão?

Quanto ao acne, nos vídeos não se nota nada. Lá na terrinha falam de um bom remédio para esse mal, mas não o posso referir aqui, só poderei enviar a descrição por um canal seguro... ;-)

Bjs,
Pedro

Teresa disse...

Também me fartava de "esmurrar" joelhos e braços em criança! Mas de facto, cair em adulto aleija mais o ego que a própria mazela da queda! :) Este ano tive 2 quedas lindas também! Acho que foram um aviso! À 3ª é de vez... Espero que não aconteça. :) Beijinhos!