sábado, 7 de julho de 2007

Sete do Sete de Dois mil e sete

E olhem a minha gatona residente, a "Fee" (lê-se Fê e significa Fada).



Aparece sempre que eu chego a casa.

É tudo o que se quer de um animal de estimação:

- Não suja porque só cá está em casa quando eu deixo a porta aberta para ela entrar;

- Não chateia porque se chateia vai para a rua;

- Não dá despesa porque não é minha (mas confesso que já lhe comprei uns "patés de gato" (uns do género dos que a minha mãe no outro dia ia comprar porque tinham muito bom aspecto, até que se apercebeu que eram comida de gato)).


Estou a ensiná-la a falar Português.

Um beijo com saudade!

1 comentário:

Jarod disse...

Que gata...


































A de 4 patas i mean!:p