domingo, 7 de outubro de 2007

...Torre de Babel...

Todas as pessoas que entram na minha empresa, desde a recepcionista até o pessoal do laboratório, são obrigadas a participar numa espécie de formação de dois dias, nos quais têm são apresentadas aos produtos que a empresa vende, aprendem como se mexe no Lotus Notes e coisas assim. Ora cada Product Manager - designação que se aplica também à minha pessoa - tem então que apresentar o seu produto.

Geralmente essa função está destinada à minha colega que está na empresa há 5 anos, mas como na semana passada ela esteve fora, pediu-me para fazer a tal apresentação... em Espanhol, visto que seria destinada a 3 estagiários do Paraguai que ficarão
connosco por 1 mês.

Ora não só esta foi a minha primeira apresentação como foi feita numa língua desconhecida em termos técnicos: Nunca aprendi Espanhol, nunca li livros técnicos em Espanhol como a maioria dos meus colegas e nunca tive especial gosto pela língua Espanhola. Inclusive falava Inglês com os colegas Espanhóis estagiários da Comissão. A única prática que tenho tido é com um colega Cubano, que geralmente fala Português comigo enquanto eu falo Espanhol com ele e assim aprendemos os dois uma língua nova. Ah, pois é... Muito inteligente o esquema!

Até que não me saí mal. Na minha mistura Espanhol, Português, Italiano (que nem sequer falo) e Francês.

Foi uma preparação interessante para a minha próxima apresentação - Food Technology Symposium em Novi Sad, Sérvia, no próximo mês de Novembro... MEDO, muito medo!

Felizmente vai ser em Inglês.


Um beijo com saudade... Em Português!

2 comentários:

Tired J disse...

E praxe aos caloiros já houve? ;)

Ana Carvalho disse...

Kida, que desgraça linguística que tens sofrido! Primeiro, aquele professor de alemão (com o seu fantástico conceito de "iniciação"), e agora uma apresentação forçada em espanholês. De certeza que te safaste lindamente, mas a tua empresa devia considerar o inglês como língua franca nessas coisas. Imagina que os benditos colegas eram húngaros ou japoneses; também iam pedir a alguém que nunca a tivesse aprendido para fazer uma apresentação na língua em questão? ;>